PAISAGEM-LIUBOMIR LEVTECHEV

Entre o horizonte
e minhas emoções,
senti sempre como que um elo de sangue.
Sempre acreditei nos sóis que se erguem
como nos irmãos mais velhos.
Os sóis poentes, eles são os
pais alquebrados de fadiga,
e eu regressava na sua companhia
para o lar natal
que inexistia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s