Missões guarani em ruínas

Fevereiro de 2011. Fui com amigos, conhecer as Ruínas (ou reduções) das Missões Jesuítas e que no Brasil, se localizam no Rio Grande do Sul. Essas ruínas são também sítios arqueológicos tombados pela UNESCO como patrimônio mundial. Há ainda as ruínas que estão na Argentina, Paraguai e Uruguai.

A região dessas ruínas era habitada pelos índios Guarani. Em 1600, padres jesuítas, chegaram a essas regiões com o objetivo de convertê-los à religião cristã e dar “salvação” a suas “almas pecadoras”.

Do lado brasileiro estão São Miguel Arcanjo, São João, São Lourenço e São Nicolau. Visitamos os três primeiros. As ruínas de São Miguel são bem conservadas e com grande circulação de visitantes. Um lugar belíssimo!

Nas outras duas reduções, no entanto, as estradas de acesso são muito ruins, as placas de acesso afixadas em locais errados e, apesar de haver guarita de informações e vigia, as reduções estão em estado de quase abandono.

Em São João e São Lourenço há cemitério moderno dentro da área cercada onde era antes o cemitério Guarani!! Quando perguntamos ao vigia, porque os cemitérios modernos estavam ali, a resposta foi de que a prefeitura alega não ter local para fazer o cemitério municipal e solicitou autorização ao Iphan para fazê-lo dentro da área das ruínas

Em São João havia ainda, cabras e cabritos no espaço e em São Lourenço vimos rastros (fezes) de boi pela área onde um dia funcionou a “Quinta”.

Ficamos tristes e indignados ao depararmos com tal situação, sobretudo, a do cemitério.

Ficamos com a pergunta: Será mesmo que o IPHAN autorizou que esses cemitérios funcionem no local onde antes foi um cemitério Guarani e, portanto acervo arqueológico?

Se houve a autorização, será que isso é legalmente possível? Será que isso é tecnicamente possível? Não coloca em risco o acervo arqueológico e o patrimônio histórico-cultural desses locais?

Mas…como coisas inimagináveis acontecem e como tudo o que se refere à questão indígena nesse País, historicamente, é tratado de forma superficial…

Romilda de Souza Lima

Anúncios

6 Respostas para “Missões guarani em ruínas

  1. Também gostei da sugestão da Eliane 🙂

    Curtir

  2. Adriana do Val Alves Taveira

    Retrato minha indignação e decepção em relação às autoridades responsáveis pela manutenção do patrimônio acima relatado, e, a mesma indignação em relação aos particulares que não respeitam um patrimônio histórico de tamanha riqueza que nós temos.

    Curtir

  3. Já tinha lido o texto. Muito bom.
    Sugiro o Joaquim criar um grupo de viajeros ecológicos. Boa companhia em viagem é algo raro.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s